Está com dificuldade para começar o seu negócio? Temos um pouco de experiência e queremos te ajudar a resolver isso!

por Joel Lopes | janeiro 23, 2019

Facebook
Twitter
LinkedIn
Instagram

Muitas pessoas ficam desanimadas em começar um negócio do zero, e grande parte colocam a culpa na falta de capital, já que acreditam que para começar um empreendimento de sucesso é necessário muito investimento.

Entretanto, grandes empreendedores brasileiros começaram do absoluto zero, como Flávio Augusto, fundador da WiseUp, Geraldo Rufino, da JR Diesel, e até mesmo o famoso Sílvio Santos, dono de um verdadeiro império.

1 – Construa um CANVAS

Essa ferramenta imensamente conhecida pelo mundo todo te dará as diretrizes para pensar no seu negócio e como ele funcionará, quem serão seus clientes, qual será sua oferta, infraestrutura e sua viabilidade financeira. Vale lembrar que o SEBRAE possui oficinas para construção de CANVAS orientada por profissionais, vale muito a pena participar!

Faça no computador, em um pedaço de papel ou até mesmo numa máquina de datilografar, mas FAÇA!

2 – Não abra um CNPJ

Muitos empreendedores acreditam que abrir um CNPJ é o primeiro passo para começar um negócio. Na verdade, essa é uma grande armadilha. Abrir um CNPJ traz várias despesas necessárias e formalidades que não são essenciais no início do seu negócio. Antes de fazer um CNPJ, você deve focar no próximo passo.

3 – Venda!

O coração de qualquer negócio é a venda, afinal de contas, sem vendas não há faturamento e, consequentemente, não há negócios. Uma estratégia importante para um primeiro negócio é entrar em contato com as pessoas próximas a você e oferecer o seu produto, sejam eles amigos, conhecidos, colegas ou familiares. Após as primeiras vendas você irá criar um portfólio e isso trará maior autoridade para o seu negócio.

Você pode, você consegue, VENDA!

4 – Tenha um diferencial!

Iniciar um negócio para ser mais um não vai garantir que você permaneça no mercado por muito tempo. Para ter um diferencial não é necessário que você faça algo absurdamente tecnológico ou revolucionário. Você pode ter apenas um preço melhor, ou uma qualidade superior à do seu concorrente. Mas lembre-se: seja diferente!

5 – Esteja presente no mundo digital

A tecnologia está cada vez mais tornando o empreendedorismo mais democrático e ao alcance de todo. Se você ama culinária e sonha em ter um grande restaurante você pode começar a construção desse projeto com um simples passo: vendendo seu produto pelo iFood, por exemplo, ou fazendo uma vitrine profissional dele através das redes sociais.

6 – Comece agora!

Feito é melhor do que perfeito. Uma ideia não vale um dólar, a sua execução pode valer milhões. Pense, planeje, divulgue, mas, principalmente, venda!