E se você pudesse compilar a história de toda a sua vida com uma única palavra? Ou em um conjunto de cores? Talvez até mesmo em um tipo de fonte específica… Ela estaria em negrito, serifada ou seria cursiva? É bem difícil pensar assim do nada, não é?

por Elias Coelho| Maio 31, 2019

Facebook
Twitter
LinkedIn
Instagram

A identidade visual de uma empresa, basicamente, é a essência da cultura de toda uma organização aplicada em um conjunto de elementos gráficos e visuais que resumem tudo que você é e como você quer se mostrar para o mercado. Por isso, é um dos fatores principais para uma boa comunicação e consolidação da sua marca tanto em mídias offline como no meio digital.

Quer saber como tudo isso pode influenciar nos resultados da sua empresa? Pega seu café e vem comigo!

Como compor uma Identidade Visual?

Em sua forma mais básica, ela é composta pelos seguintes elementos:

Nome

Logo

Tipologia

Paleta de Cores

Símbolo

Todas essas informações comumente são compiladas no que chamamos de MIV (Manual de Identidade Visual), que é basicamente um tipo de documento que une todas essas informações sobre a marca e também suas diversas aplicações.

 

Mas por que ela tão importante?

Ao contrário do que muitos pensam, a identidade visual de uma empresa vai muito além do estético. É ela que, provavelmente, vai ficar na cabeça do seu cliente quando ele não estiver em contato direto com a sua marca.

É a identidade visual que gera uma das primeiras impressões sobre quem você é, e como o famoso ditado popular já nos diz: a primeira impressão é a que fica, né?

Para além disso, é a identidade visual que vai dar início ao processo de consolidação da sua marca no mercado, além de gerar relevância, autoridade e profissionalismo para seu produto ou serviço prestado.

Em muitos casos, pequenas empresas ou microempreendedores acabam por utilizar uma mão de obra muito barata, ou tentam compor um trabalho visual por si só, e findam praticando diversos erros na construção da imagem da sua empresa.

Um erro comum é o excesso de elementos, informações, cores ou símbolos que não condizem com a cultura e/ou o segmento da empresa e, consequentemente, afastam um potencial cliente, ou até mesmo descredibiliza a empresa no mercado de atuação.

Quais o benefícios que ela pode trazer para a minha empresa?

Com uma identidade visual bem feita, posso listar alguns benefícios que ela pode trazer para seu negócio:

  • Reconhecimento: sua marca começa a ser reconhecida pelo público atribuindo elementos do seu dia a dia com o seu negócio.
  • Consolidação: traz para sua empresa a confiança de o seu fluxo de mercado, sem perder a essência do que ela realmente é.
  • Identificação: o público começa a se ver e se identificar como parte da sua marca, a confiar nos seus valores e adquirir o seu produto ou serviço com mais facilidade.
  • Rentável: investir e uma boa identidade visual faz com que você tenha, futuramente, menos gastos com possíveis demandas internas e externas para sua empresa, além de que, se for bem construída, gera uma aceitabilidade muito maior do consumidor para com projetos com os quais sua marca esteja envolvida.
  • Posicionamento: esse é um ponto muito importante pois é como você se porta perante o mercado, o que você prega, e em que você e sua empresa acreditam. Para saber mais um pouco sobre esse conteúdo especificamente, você pode ler um de nossos conteúdos sobre como garantir um bom   posicionamento nas midias sociais.    

Exemplo bom é exemplo dado!

Para entender um pouco melhor o que estou falando, dá uma olhada nessa incrível campanha do Restaurante de Fast Food mais famoso do mundo!

Ela aconteceu em Toronto no Canadá, onde foram colocadas placas nas principais vias do estado, contendo somente as cores e os elementos da marca, com frases simples e curtas como “na próxima saída, à sua direita, à sua esquerda”, indicando, consequentemente, onde ficava o restaurante mais próximo! A campanha deu tão certo que posso fazer um teste com você aqui e agora:

Pense na primeira e na última letra do nome desse restaurante!

.

.

.

.

.

.

Pensou?

.

.

.

.

.

.

.

.

Deixa eu adivinhar, M e S? Pois é! Não precisei em momento algum dizer que essa campanha era do nosso famoso McDonald’s, pois tenho certeza que você mesmo já identificou somente pelos elementos distribuídos pela imagem. Esse exemplo é perfeito para entendermos o poder que uma boa identidade visual tem e como ela influencia na construção do seu negócio.

Outro exemplo de uma boa construção de identidade é o nosso querido Nubank, conhecido também carinhosamente como roxinho! Eles conseguiram fortalecer a sua identidade no meio digital de forma grandiosa, que foi estrategicamente pensada de acordo com o seu conceito.

O termo Nu é uma forma de mostrar o quão transparente a empresa é. Sem preconceitos ou julgamentos, simplesmente nua e crua. Aplicando o conceito de sua marca em todas as vertentes, buscando sempre inovar e pensar fora da curva dos bancos tradicionais!

Algo muito forte na marca é justamente a sua cor,  que se destaca para além dos bancos tradicionais, segundo a própria equipe: “escolhemos o roxo porque ele é uma cor única, forte e com bastante personalidade.” O que também é embasado  de acordo com a psicologia das cores, para esse estudo, o roxo transmite riqueza e extravagância. Roxo é associado com sabedoria, dignidade, independência, criatividade, mistério, magia, inovação e revolução. Ou seja, tudo que a Nubank apresenta em toda a construção da sua marca.

Então é só isso?

Achou pouco ainda? Então vou listar abaixo 4 motivos para você começar a investir  na Identidade visual da sua empresa pra ontem!

 

  • Diferenciação: é a sua oportunidade de fazer diferente! Empresas do mesmo nicho tendem a conter a mesma paleta de cor ou até mesmo estilos muito semelhantes. Pensar fora da caixa é essencial para não se perder nesse vasto oceano de informações
  • Associação espontânea:  Fazer o consumidor enxergar elementos no seu dia a dia que lembrem os elementos da sua marca, seja o roxinho que lembra a nubank seja o vermelho do tomate que lembra o McDonald’s ou até mesmo o verdinho que lembra a nossa queridíssima Colina tech .
  • Produtos secundários e Lifestyle:  algumas marcas tiveram a identidade visual tão bem consolidada que começam a criar e vender produtos fora do seu nicho de atuação, e por sua vez o consumidor  compra simplesmente por ser da marca, um bom exemplo disso é a coca-cola onde hoje você encontra diversos tipos de produtos muito além dos refrigerantes e refrescos oferecidos inicialmente pela marca, como cadernos, lápis, mochilas canetas e etc.
  • Afeto e Benderlovers: todo mundo tem aquela marca de que não abre mão! que faz questão que seja ela, independente do preço pois já se criou uma memória afetiva com a marca é justamente uma boa identidade visual ajuda no processo de criação do que chamamos de Brand Lovers, que remete a consumidores que possuem determinada devoção a uma marca.

Então o que você está esperando para melhorar os resultados da sua empresa através da  sua identidade visual?

Se você ficou com mais alguma dúvida pode ler esse texto incrível da Rock Content sobre Identidade visual e a sua importância nesse conteúdo aqui 

Caso tenha restado alguma dúvida, ou você tenha se interessado no assunto, será um grande prazer para nós podermos conversar e entender melhor sobre a sua necessidade. Entre em contato!