Pessoa estudando o ciclo de vendas

Saiba como descobrir o ciclo de vendas do seu negócio agora mesmo!

Embora um processo de venda possa acontecer de maneira extremamente complexa, o ciclo de vendas pode ajudar a sua empresa a melhorar esse cenário, favorecendo a concretização dos seus negócios.

Uma coisa é certa: tudo pode ficar mais previsível. Desta forma, sintetizar todas as etapas é algo que pode fazer bastante diferença para o seu cliente, estando ele no âmbito online ou off-line.

Em primeiro lugar, é importante compreender que o ciclo de vendas precisa estar adequado ao que a sua empresa necessita, havendo várias formas de tornar isso possível. Seja qual for o nicho de atuação, o ciclo de vendas é um processo fundamental para os negócios.

Se você tem algumas dúvidas sobre o assunto, você está no lugar certo. Nesse post vamos ajudar você a entender qual é o ciclo de vendas ideal para o seu negócio. Tenha uma boa leitura!

Afinal, o que é ciclo de vendas?

O ciclo de vendas é definido como o período que o cliente leva para fechar um negócio, independente de ser um produto ou serviço. Ele envolve todas as etapas da compra, começando na captura e terminando no pós-venda.

Todo esse ciclo é formado por etapas que almejam novos leads, além de representar os estágios de informação.

É importante observar que a duração de um ciclo depende do produto ou serviço que está sendo oferecido. Portanto, antes de qualquer coisa, deve-se analisar e compreender a necessidade de cada negócio.

Para garantir um ciclo de vendas eficaz, vários setores da empresa precisam trabalhar em conjunto. O principal objetivo consiste em buscar formas que encontrem o tempo ideal que o cliente leva para finalizar uma compra, além de assegurar a satisfação do consumidor.

Desta maneira, o ciclo de vendas ajuda o negócio a saber como e quando agir, além de conhecer os clientes e prever lucros ou gastos.

Quais são as etapas do ciclo de vendas?

Antes de iniciar a elaboração do ciclo, é importante conhecer suas etapas, sendo elas: prospecção, contato inicial, qualificação, apresentação, avaliação, fechamento e pós-venda.

Como foi dito anteriormente, cada empresa tem suas particularidades. Algumas etapas podem ser eliminadas ou adicionadas, dependendo da necessidade de cada negócio. Desta maneira, conhecer bem o nicho de atuação é fundamental, além de compreender o público-alvo que precisa ser alcançado.

A primeira etapa, de prospecção, consiste em encontrar e conhecer o público da empresa, melhorando as estratégias que serão utilizadas nos próximos passos.

O contato inicial, segunda etapa, serve para o cliente perceber a sua marca. Esse contato pode ocorrer através de telefone, e-mail, redes sociais, marketing de conteúdo e muitas outras formas.

Na próxima etapa, de qualificação, a sua empresa vai classificar os clientes em potencial, ou seja, filtrar o cliente que possui alguma chance de fechar negócio. Isso vai evitar que o tempo seja desperdiçado com pessoas que não se encaixem no perfil que a marca oferece.

A etapa de apresentação será o momento em que o seu produto ou serviço será apresentado para os potenciais clientes. Enquanto a quinta etapa, de avaliação, será o momento que o seu cliente terá para avaliar, considerar e comparar. O bom desempenho do vendedor é uma questão extremamente necessária neste ponto.

O fechamento, como o nome sugere, é onde a compra é efetivada. Aqui o potencial consumidor se torna, de fato, um cliente.

Após a venda, o ciclo ainda não terminou. Por fim, o pós-venda vai envolver qualquer contato que o cliente venha a ter com a sua empresa após o pagamento do produto ou serviço. Essa etapa é muito importante e ajuda na fidelização, levando o consumidor a realizar outras compras com a sua marca no futuro. Com isso, garantir que o cliente esteja satisfeito é uma tarefa fundamental.

Como montar o ciclo de vendas?

Se você conhece os processos de vendas da sua empresa e os hábitos do seu cliente, significa que chegou a hora de montar o ciclo de vendas da sua empresa. Se você não tem essas informações, há várias formas de buscar.

É importante ter em mãos algumas informações fundamentais, como os lugares que o cliente frequenta, a forma que ele pesquisa, quando costuma estar mais disponível e outros dados do tipo. Quanto mais informação, melhor.

Após ter isso em mente, comece a investir na qualificação de leads. Porém, além de atrair novos leads, é muito importante investir nos que já foram capturados, enxergando-os como uma grande oportunidade na concretização de vendas. Observando o funil de marketing, o objetivo é ajudar o lead que está no topo a chegar ao fundo mais rapidamente.

Outro passo importante é capacitar o seu time de vendas. Um atendimento prestado da maneira correta costuma ser algo decisivo para o cliente. Além disso, é interessante que o vendedor anote informações úteis sobre o cliente, ajudando a empresa a entender o público-alvo. Os dados de contato, por exemplo, são informações fundamentais para a empresa.

Algumas ferramentas podem fazer enorme diferença na automação de alguns processos, incluindo na captação de dados sobre os clientes. Utilizar a tecnologia vem se tornando cada vez mais indispensável aos negócios.

Uma empresa que utiliza a automação de alguns mecanismos do processo de venda pode ajudar o consumidor a poupar tempo, livrando-os de participar de situações complicadas e repetitivas. Portanto, isso pode ajudar a reduzir o ciclo de vendas, fazendo com que o cliente finalize a compra de forma mais rápida.

Simplificar é crucial. Com a tecnologia disponível atualmente, os consumidores estão ficando cada vez mais exigentes. Contudo, é papel da empresa tornar os processos de vendas mais simples.

O acompanhamento do ciclo de vendas também é imprescindível. Por exemplo, os indicadores de venda podem ajudar no alinhamento das metas. Analisar, testar e medir são questões que vão ajudar a corrigir possíveis falhas, além de prever possíveis cenários do futuro. Afinal de contas, você quer que a sua empresa esteja preparada para o que vem pela frente, não é mesmo?

Ficou com alguma dúvida sobre o funil de marketing? Clique aqui e confira esse outro post que preparamos para você!

Caso queira descobrir mais técnicas relacionadas ao marketing, saiba que temos vários outros conteúdos interessantes em nosso blog, que você acessa aqui!

Compartilhe com seus amigos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Marcadores:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Search
Generic filters
Exact matches only

SOBRE O AUTOR:

Caterine Palmieri

Assine nossa Newsletter:

O melhor conteúdo de marketing na sua mão!

Se inscreva na nossa newsletter e receba conteúdo de qualidade gratuitamente!

Novo Titulo para popup

Novo Texto do popup

Fique por dentro do Marketing Digital

Se inscreva agora na nossa newsletter

Você receberá tudo que há de novo sobre Marketing Digital. Relaxe, não enviaremos spam!

ELIAS COELHO

GUIA CRIATIVO

“LEMBRA DAQUELE CARA QUE DESISTIU? NEM VOCÊ NEM NINGUÉM”

Vamos começar com uma curiosidade, Elias não tem nada de coelho no nome registrado dele. Pois é, na verdade é um nome artístico, escolhido pelo próprio para… Vamos começar com uma curiosidade, Elias não tem nada de coelho no nome registrado dele. Pois é, na verdade é um nome artístico, escolhido pelo próprio para… Vamos começar com uma curiosidade, Elias não tem nada de coelho no nome registrado dele.