por Eliabner Luna| Outubro 16, 2019

Facebook
Twitter
LinkedIn
Instagram

Já nos cansamos de ouvir que “O que não é medido não é gerenciado.”, mas ainda vemos muitas empresas fechando os ouvidos para o que suas métricas dizem a respeito de suas estratégias, principalmente quando se trata dos indicadores de marketing fundamentais. 

O ser humano tem se tornado cada vez mais digital e pertencente a tecnologia que ele mesmo vem desenvolvendo. E, se sua empresa deseja estar próximo aos seus clientes para oferecer seus serviços ou produtos, ela deve não só desenvolver uma boa estratégia de marketing no mundo digital, mas acompanhar de perto e analisar o desempenho da mesma.

Por onde começo?

Antes de mais nada, é preciso construir uma estratégia de marketing lembrando sempre de pensar em sua Buyer Persona (não sabe como construir sua buyer persona?) e onde ela mais está consumindo. Geralmente, com a sociedade atual, vemos que boa parte das compras são feitas online ou tem seu processo iniciado na internet.

(Caso esteja difícil decidir por onde ir, olha esse conteúdo aqui. Nesse post, nossa alpinista Clara vai te mostrar uma estratégia que vai voltar o interesse dos seus clientes para sua empresa!)

Após essa primeira etapa, você terá que aplicar essa estratégia à situação que você necessita. São vários os indicadores que te ajudarão a criar e executar um ótimo planejamento de marketing. 

Aqui estou te trazendo os cinco indicadores de marketing fundamentais e indispensáveis para a estratégia do seu negócio:

1. ROI

O ROI (Return Over Investment ou Retorno Sobre o Investimento) nada mais é do que um indicador que vai te auxiliar a enxergar o quanto que o seu dinheiro investido cresceu com a sua estratégia. Para calcular temos a seguinte fórmula:

ROI = ((Ganho obtido – Investimento Inicial)/investimento inicial) x 100

Digamos que, por exemplo, Rodolfo tenha uma loja de instrumentos musicais e decida investir 300 reais em uma campanha no Google Ads e, com isso, em 3 meses, ele venda 2000 reais em violões para clientes que viram a propaganda em anúncios nos sites de música

Nesse caso o ROI de Rodolfo seria = ((2000-300) ÷ 300) x 100 = 566,66%

Isso quer dizer que em 3 meses, ele obteve 566,66% de retorno sobre o investimento que aplicou. Perceba aqui um detalhe importantíssimo: veja que eu especifiquei o tempo que passou para que Rodolfo tivesse o retorno de 2000 reais (3 meses no exemplo).

É de extrema importância saber quanto tempo foi necessário para que ele obtivesse o retorno desejado sobre o dinheiro investido. Ter 566,66% de ROI em 50 anos de espera com 300 reais investidos não é a mesma coisa do que ter esse retorno em 3 meses não é mesmo?

2. Taxa de cliques

Por muito se utilizarem da plataforma do Google Ads para realizarem seus anúncios, decidi colocar aqui esse indicador que vai estar te facilitando o acompanhamento do desempenho da estratégia. O cálculo para chegar ao seu valor é bem simples:

Taxa de cliques = Cliques ÷ Número de vezes que seu anúncio foi exibido (impressões)

Voltando ao exemplo anterior, digamos que Rodolfo viu que seus anúncios foram vistos 12000 vezes! Porém, o número de pessoas que clicaram foi de 600. Então:

Taxa de cliques de Rodolfo = 600 ÷ 12000 = 0,05

Por mais que pareça ser baixa, dependendo da estratégia utilizada, essa taxa pode sim ser considerada boa. Então não se desespere ao se deparar com um 0,06 como Taxa de Cliques!

3. Taxa de conversão

Primeiramente, o que é uma conversão? Sempre que alguém realizar uma ação importante para o que a sua marca propõe, chamamos isso de conversão. Geralmente, essa métrica está atrelada à avaliação de estratégias que se utilizam de gatilhos ou calls-to-action (chamadas para uma ação) como uma landing page ou um botão de “clique aqui!”.

Digamos que, para capturar novos leads, você tenha traçado uma estratégia de criar um sorteio que requer um cadastro para participar. Dessa forma, você conseguirá os dados de cada pessoa que quiser participar. 

Depois de criar o sorteio, você divulgará no seu site com um banner. Aí está! Um ótimo momento para avaliar o quão bem o banner está exercendo sua função de atrair novas pessoas a clicarem nele. A taxa de conversão nesse caso será:

Taxa de Conversão do Banner = (Número de pessoas convertidas/Número de visitantes do site) x 100%

Após ver os resultados, você pode realizar testes A/B para achar qual ponto merece uma melhora na sua estratégia!

4. Custo Por Lead (CPL)

Talvez, esta seja a métrica que traz mais atenção dos gestores por mostrar, diretamente, o quanto se está investindo em cada lead que está sendo gerado. À essa altura do campeonato, você já deve ter pensado como se calcula o CPL e para quê ele serve, mas para que não reste dúvidas, aqui está:

CPL = Investimento total de marketing / Número de Leads gerados

Um fato interessante de se conhecer é que o CPL em estratégias de Inbound Marketing é muito inferior ao CPL em estratégias tradicionais de marketing. Que tal dar uma olhada maior nisso?

5. Custo Por Aquisição (CPA ou CAC)

Por último, mas não menos importante, o Custo Por Aquisição está mais relacionado às estratégias de investimentos em plataformas de publicidade digital como o Google Ads (Antigo Google Adwords), por exemplo. Onde, ao invés de o contratante para por cliques dados nos banners que ele contratou, o mesmo pagará por conversão tida em seu site devido ao auxílio dos banners.

Porém, também podemos pensar no CPA como um Custo por Vendas realizadas. Nesse caso, o CPA vai auxiliar ainda mais a etapa de planejamento dos custos de uma estratégia de marketing. Por exemplo:

Roberta deseja conseguir mais 30 novos clientes para seu banco investindo apenas 350 reais. Dessa forma, o CPA desejado dela é de 11,66 reais. Ou então, em um cenário de imprevistos, após a campanha, a CEO viu que, com os 350 reais, sua estratégia só conseguiu 25 novos clientes, tendo assim, um CPA de 14 reais.

Ficou alguma dúvida ou quer saber mais sobre esses e outros indicadores ótimos para a estratégia do seu negócio? É só falar conosco! Estarei esperando por você e terei a maior satisfação de te ajudar em sua escalada.

Até uma próxima!