A presença digital é cada vez mais valorizada pelas corporações, tornando-se uma estratégia crucial. No entanto, hoje em dia é preciso ir além, principalmente com o empoderamento dos consumidores e a concorrência notória. Nesse cenário, técnicas como SEO (Search Engine Optimization), contribuem com um melhor posicionamento dos conteúdos nos mecanismos de pesquisa e são capazes de oferecer uma experiência positiva para os usuários.

por Luiz Neto |junho 29, 2019

Facebook
Twitter
LinkedIn
Instagram

Para uma melhor compreensão, é importante abordar que a indexação do conteúdo ocorre por meio de bots, também chamados de crawlers. O conteúdo é apresentado da melhor forma possível e por esse motivo, são apresentados os sites categorizados como mais completos e relevantes de acordo com cada busca. 

As páginas não são captadas da mesma forma pelos usuários e os mecanismos de pesquisa, uma vez que os bots identificam elementos como código e texto, o que reforça a necessidade de otimizar as páginas para uma indexação adequada.

A diferença entre SEO On page e Off page

Independente da área de atuação ou do porte da empresa, ser encontrada com facilidade nos mecanismos de busca é algo decisivo. Por exemplo, se um usuário trabalha com eventos e procura por balão inflável personalizado, sem dúvidas, os resultados das primeiras páginas e principalmente, as primeiras posições, possuem maiores chances de acesso.

Nesse contexto, para que um posicionamento favorável seja alcançado, é necessário considerar que uma série de fatores influenciam no rankeamento e são divididos em On Page e Off Page. Basicamente, os elementos que se enquadram no primeiro caso são aqueles trabalhados nas próprias páginas, tais como:

  • Uso de texto alternativo nas imagens;
  • Design otimizado para diversos dispositivos;
  • Imagens que não comprometam o carregamento;
  • Botões de compartilhamento;
  • Links internos.

Já os fatores Off Page são externos e estão relacionados essencialmente com a autoridade do site ou de determinado conteúdo. Seja uma fábrica de embalagens de papelão ou uma empresa de reforma de empilhadeira, são quesitos cruciais para apontar o quão valioso o conteúdo é para as pessoas.

Entre esses pontos, é possível citar os backlinks, que são links de outras páginas direcionadas para o conteúdo da empresa, essa é uma forma de reforçar a relevância do conteúdo, o que contribui de forma significativa para os buscadores. Além disso, compartilhamentos e menções da empresa nas redes sociais também apresentam grande impacto.

Principais dicas para técnicas SEO

Existe uma diversidade nesse meio e naturalmente, cada empresa irá atuar de modo conciliável com suas especificidades para atingir resultados satisfatórios. No entanto, entre algumas dicas gerais que podem ser adotadas, é válido citar:

1) Priorize a qualidade do conteúdo

A qualidade do conteúdo é crucial tanto para o leitor, quanto para os mecanismos. É interessante sempre revisar e ter atenção redobrada com erros gramaticais, plágio, entre outros fatores. Além disso, é fundamental que o conteúdo elaborado seja relevante, caso contrário, o usuário pode facilmente buscar outras plataformas para se informar e consumir.

2) Crie uma estratégia das palavras-chave

As palavras-chave são cruciais para o posicionamento, pois correspondem aos termos que os usuários aplicam na área de pesquisa. É necessário determinar quais são as opções mais compatíveis com o empreendimento, mas para isso, é fundamental realizar a pesquisa de forma adequada para selecionar as que possuem um maior potencial para atrair visitas qualificadas para a marca. Basicamente, ter uma estratégia é estabelecer onde os esforços serão focados.

3) Aposte em URLs curtas

O ideal é que a URL seja curta e o mais direta possível, pois os buscadores valorizam isso. Com foco, se pode entender que determinado conteúdo é relevante de forma específica para a palavra-chave. Além disso, caso URLs antigas estejam grandes, é importante não alterar, pois isso compromete todo o histórico do tráfego, ou seja, é identificado como um novo conteúdo.

4) Navegação prática

Uma navegação prática vai além da atratividade no layout do site, é preciso apostar em um site ou blog que apresente soluções ágeis para os usuários. Para uma melhor compreensão, é válido citar que a “home” é considerada uma página de grande importância, inclusive para os buscadores. 

Dessa forma, quanto mais cliques a partir da home, pior será para o posicionamento da página. Neste caso, também é válido considerar que a experiência do usuário é comprometida. 

Se alguém está buscando por um serviço como conserto de motores elétricos e só acessa o conteúdo após cinco cliques da home, há algo errado. Esse tipo de situação pode ser resolvida facilmente alterando o layout do site para que a categorização do conteúdo seja diferente.

Naturalmente, as dicas e fatores abordados ao longo do texto representam apenas uma parte das técnicas SEO, pois se trata de um tema muito abrangente e que exige o suporte de profissionais qualificados para o desenvolvimento de estratégias compatíveis com cada empresa e análise de métricas adequadas. De qualquer forma, pode-se perceber que é uma tática que reúne grande potencial para impulsionar os negócios, principalmente promover modificações em diferentes aspectos nos conteúdos.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.